Terça-feira, 12 de Julho de 2005

O ALCOOLISMO, por Patrícia Castro

caneca.gif

Efeitos agudos do Alcoolismo

O álcool é um depressor do cérebro e age directamente em diversos órgãos, tais como o fígado, coração, vasos e na parede do estômago. A intoxicação é o uso nocivo de substâncias, em quantidades acima do tolerável para o organismo. Os sinais e sintomas da intoxicação alcoólica caracterizam-se por níveis crescentes de depressão do sistema nervoso central. Inicialmente há sintomas de euforia leve, evoluindo para tonturas, ataxia e incoordenação motora, passando confusão e desorientação e atingindo graus variáveis de anestesia, entre eles o estupor e o coma. A intensidade da sintomatologia da intoxicação tem relação directa com a alcoolemia. O desenvolvimento de tolerância, a velocidade da ingestão, o consumo de alimentos e alguns factores ambientais também são capazes de interferir nessa relação.
Algumas coisas podem alterar a acção do álcool no corpo. A presença de alimentos no estômago diminui a velocidade de absorção. Bebidas frisantes e licorosas são absorvidas com maior rapidez.
Complicações clínicas
O álcool tem acção tóxica directa sobre diversos órgãos quando utilizado em doses consideráveis, por um período de tempo prolongado .
As mais frequentes são [estômago] as gastrites e úlceras, [fígado] hepatites tóxicas, esteatose (acúmulo de gordura nas células do fígado, decorrente da acção tóxica do álcool sobre suas membranas), cirrose hepática, [pâncreas] pancreatites, [sistema nervoso] lesões cerebrais, demência, anestesia e diminuição da força muscular nas pernas (neurites), [sistema circulatório], miocardites, predisposição ao depósito de placas gordurosas nos vasos, com risco de enfartes, hipertensão e acidentes vasculares cerebrais (derrames). O álcool aumenta o risco de neoplastias no trato gastrointestinal, na bexiga, na próstata e outros órgãos.
Riscos associados à saúde:
. Acidentes automobilísticos relacionados ao álcool e a outros acidentes como quedas, afogamentos e incidentes com fogo•• aumento do risco de suicídio•• aumento do risco de homicídio•• diminuição do uso adequado de medidas de controlo de natalidade•• aumento do risco de gestação não planeada ou indesejada• e diminuição da prática de comportamentos sexuais mais seguros•• aumento do risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis•• no caso de mulheres gestantes que consomem álcool, o bebé pode sofrer de síndrome alcoólica fetal.
publicado por António Luís Catarino às 13:03
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 12 de Julho de 2005 às 13:07
Olá cara Patrícia! Desde o dia das matrículas que não te via. Por aqui continua-se a trabalhar, indo à escola para tratar dos vossos documentos, do projecto curricular da turma e das vossas caracteríristicas pessoais, não vão os próximos professores enganar-se e pensar que vocês são boas pessoas!!! :) De qualquer maneira o tempo convida a ir à praia e não me tenho feito rogado. Sempre que posso, lá vou eu. Obrigado pelo teu artigo e continua sempre, está bem?Prof. Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Alta ansiedade do profess...

. SOBRE A METODOLOGIA E PRÁ...

. Olha!, mais uma revista s...

. DESCOBERTO CEMITÉRIO ROMA...

. ATENÇÃO A ESTE FILME HIST...

. UMA PROPOSTA DE FIM-DE-SE...

. CALENDÁRIO ESCOLAR 2005/2...

. Crianças, telemóveis e o ...

. UM FILME A NÃO PERDER: «C...

. AS MISTERIOSAS GRAVURAS G...

.arquivos

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.favoritos

. E o homem com livros cont...

blogs SAPO

.subscrever feeds