Sexta-feira, 6 de Maio de 2005

A MEDICINA DO FUTURO, de João Paulo Ferreira

medicina1.gif

Causas ambientais de doenças
Todos os anos, cerca de seis milhões de pessoas apanham cancro. Nesta doença, as células do corpo descontrolam-se subitamente e não conseguem executar o trabalho do costume e começam a multiplicar-se e formam-se tumores que se espalham pelo corpo. Há cada vez mais, cancros que se relacionam com o ambiente. Certos químicos, como as dioxinas, o fumo do tabaco e o amianto podem despoletar alterações cancerosas. E o mesmo pode acontecer devido à má alimentação, radiações e outros factores.

Doenças novas
No início dos anos 80, foi conhecida uma nova doença. A doença ataca o sistema imunitário do organismo, que é a capacidade que o nosso corpo tem de resistir as enfermidades e sem a qual não conseguimos lutar contra elas. Deu-se a essa doença o nome de sida.
Nos finais dos anos 80, a organização mundial de saúde estimava em 600000 pessoas, que no mundo sofriam de sida. Mas há muito mais milhões de pessoas que tem o vírus, principalmente em África. Ainda ninguém se curou da sida, mas está-se a trabalhar em medicamentos apropriados.
Tem-se gasto milhões de dólares com a sida e com a investigação de medicamentos e vacinas. Muito do dinheiro, tempo e talento dedicado à sida podia ser aplicado noutras doenças se a sida não existisse, mas da sua investigação tem resultado a descoberta de medicamentos úteis para outras doenças. O século XX terminou e ficará na história como a era da sida. No futuro, a medicina actual fará parte da história. As pessoas olharão para trás e pensarão: «Porque tínhamos de abrir as pessoas para as curar? Porque lutamos tanto para compreendermos as doenças mentais? E, principalmente, porque é que nalgumas partes do mundo tantos milhões de pessoas morriam à fome enquanto noutras partes se gastavam grandes quantidades de dinheiro em medicamentos e operações para uns quantos?»

Necessidades básicas
Melhor saúde para milhões de pessoas não depende de melhores cuidados médicos, mas da satisfação de necessidades humanas básicas. As pessoas precisam de alimentos bons e em quantidade suficiente, água potável e condições de vida e saneamento adequadas. Estes problemas complicam-se ainda mais com as guerras e as diferenças religiosas e politicas.

Programas de imunização
A campanha de erradicação da varíola demonstrou que somos capazes de acabar com uma doença em todo o mundo. Os programas de imunização são uma das maneiras mais eficazes de o fazermos. Este trabalho exige grandes quantidades de dinheiro, destinado aos técnicos de saúde, vacinas, equipamento e publicidade; porém presentemente, gastam-se grandes quantias a aperfeiçoar e a fabricar armas.

Medicina para todos?
Hoje em dia, a medicina esta ligada às atitudes das pessoas perante a saúde e a doença, bem como às suas tradições e convicções. O seu progresso tem por fundamento a investigação e as descobertas efectuadas por cientistas, para além do dinheiro que estamos dispostos a gastar com a saúde. Não se trata de uma decisão de médicos e doentes, mas sim de uma questão que envolve a sociedade no seu todo.
publicado por António Luís Catarino às 16:09
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 19 de Maio de 2005 às 10:55
João, caro 'camarada', este trabalho está maravilhoso. Sem dúvida , é assim que se nos apresenta a medicina humana para o futuro, com as suas vantagens e defeitos. Espero pelo teu proximo trabalho...Filipe Vales
</a>
(mailto:amigosamigos@medicosaparte.pt)
De Anónimo a 11 de Maio de 2005 às 20:49
acho este trabalho muito interesante e o aluno jao paulo ferreira pesquisa muito bem.Andre
</a>
(mailto:andre_kas@hotmail.com)
De Anónimo a 7 de Maio de 2005 às 20:00
olahhh....muito bem joao...o trabalho esta muito interessante...tens jeito para fazer trabalhos.....!!!! stor, o blog com esta nova figura esta melhor...fica diferente...ainda bem k o mudou... bjox....pra tdox..=)******/////*****m.joao
</a>
(mailto:mariajgoncalves@hotmail.com)
De Anónimo a 7 de Maio de 2005 às 11:40
Olá jp!!!Está muito bom, o teu artigo...aprendi algumas coisas, revi outras, está mesmo muito óptimo!!Muito bem, esta turma não está para brincadeiras,...este blog está super orinal e com uma qualidade espectacular!!(já dei uma espreitadela no blog do 7A e olhem que não é dos melhores, tem muita música, e é,talvez, um pouco...primário)FORÇA J.P. e VIVA o 7ºC!!!!Bia
</a>
(mailto:biafrutuoso@hotmail.com)
De Anónimo a 6 de Maio de 2005 às 18:32
Acho que este trabalho só veio benefeciar o nosso blogue...Queria dar-te os parabéns por este artigo.
Continua assim !
Achei por bem ser neste artigo esta pergunta ao professor:Já recebeu o meu artigo???patricia
</a>
(mailto:tixinhacastro@hotmail.com)
De Anónimo a 6 de Maio de 2005 às 16:13
João Paulo: gostei muito do teu trabalho, porque toca em questões não muito habituais quando se fala de medicina. Mesmo que falemos de medicina do futuro não é vulgar falar nos problemas ambientais e mesmo sociais como indiciadores de uma nova atitude que o Homem deve ter perante a sua saúde. Excelente, portanto! Continua.Prof. Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Alta ansiedade do profess...

. SOBRE A METODOLOGIA E PRÁ...

. Olha!, mais uma revista s...

. DESCOBERTO CEMITÉRIO ROMA...

. ATENÇÃO A ESTE FILME HIST...

. UMA PROPOSTA DE FIM-DE-SE...

. CALENDÁRIO ESCOLAR 2005/2...

. Crianças, telemóveis e o ...

. UM FILME A NÃO PERDER: «C...

. AS MISTERIOSAS GRAVURAS G...

.arquivos

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.favoritos

. E o homem com livros cont...

blogs SAPO

.subscrever feeds