Domingo, 22 de Maio de 2005

LINCES, espécie em perigo de extinção, de Teresa Mota.

Linces.jpg

Ao longo dos tempos, o Homem, directa ou indirectamente, sempre marcou
a Natureza. O caso do lince não foge à regra. Quando, nos anos 50 e
60, a agricultura deixou de ser sustento para muitas famílias,
obrigando-as a emigrar, as terras foram abandonadas e cobriram-se
progressivamente de matos. Desapareceram os rebanhos e, com eles, as
tradicionais queimadas que rejuvenesciam os pastos, onde também os
coelhos bravos se alimentavam. A este factor veio associar-se a
mixomatose e, mais recentemente, a pneumonia hemorrágica viral,
reduzindo tão drásticamente as populações de coelho que levaram o
lince a procurar alimento em áreas periféricas aos maciços montanhosos
que ocupava.

Na tentativa de tirar rendimento daquelas terras esgotadas por tantos
anos de uso intensivo e inadequado, as populações foram levadas a
arborizá-las com espécies de rápido crescimento, surgindo assim,
vastas extensões de eucaliptos e pinheiros-bravos, a maioria plantados
para a indústria de celulose. Foram também estas monoculturas que,
avançando de forma desordenada sobre áreas ainda pouco
intervencionadas pelo Homem, quase fizeram desaparecer as poucas
manchas de vegetação onde o lince se refugiava. Para além do efeito
directo sobre os efectivos, estes factores levaram também à
fragmentação das populações de lince. Os animais ao serem obrigados a
procurar abrigo e alimento numa área mais vasta, foram-se dispersando
e perderam o contacto com os restantes indivíduos.
Por outro lado, erradamente considerado um animal "nocivo" por se
alimentar de espécies cinegéticas (coelho-bravo, perdizes, etc), o
lince sempre foi perseguido pelo Homem, continuando a ser a caça
ilegal (a tiro ou através da utilização de armadilhas) responsável por
uma importante percentagem de mortalidade.
publicado por António Luís Catarino às 17:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Alta ansiedade do profess...

. SOBRE A METODOLOGIA E PRÁ...

. Olha!, mais uma revista s...

. DESCOBERTO CEMITÉRIO ROMA...

. ATENÇÃO A ESTE FILME HIST...

. UMA PROPOSTA DE FIM-DE-SE...

. CALENDÁRIO ESCOLAR 2005/2...

. Crianças, telemóveis e o ...

. UM FILME A NÃO PERDER: «C...

. AS MISTERIOSAS GRAVURAS G...

.arquivos

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.favoritos

. E o homem com livros cont...

blogs SAPO

.subscrever feeds